18 janeiro 2016

Incêndio em fábrica de celulose preocupa moradores de Guaíba

Um incêndio que está ocorrendo (17h) na fábrica de celulose da empresa chilena CMPC preocupa moradores de Guaíba (RS). Conforme relato, equipe da Fepam já se dirigiu ao local para averiguar a situação. A suspeita é que o fogo tenha iniciado "no quadro elétrico na linha de fibras de branqueamento".

Confira o vídeo gravado por moradores.



Imprensa Agapan

21 dezembro 2015

O Bioma Pampa merece tornar-se Patrimônio Nacional



Dia 17 de dezembro de 2015


O Bioma Pampa merece tornar-se Patrimônio Nacional! Entre nesta luta e vamos derrubar o Decreto Estadual nº 52.431/15, que tira a obrigatoriedade da Reserva Legal no Pampa!



Neste 17 de dezembro, Dia do Bioma Pampa, os movimentos ambientalistas do RS têm duas bandeiras: promover o bioma para que seja considerado Patrimônio Nacional, via Constituição Federal, junto com os demais biomas brasileiros, via PEC 5/2009, e lutar para derrubar o Decreto Estadual 51.431/2015, gestado pela secretária da Sema, Ana Pellini, e o governador do Estado, José Ivo Sartori, com aval do setor do agronegócio, situação que exime de reconstituição da Reserva Legal (20%) nas propriedades do Pampa, o que contraria a própria Lei 12651/2012, quando do Cadastro Ambiental Rural.

10 dezembro 2015

Futuro do Bioma Pampa é tema de debate

Para comemorar o Dia do Bioma Pampa (17/12), entidades ambientalistas promovem evento na Ufrgs. 
Os debates serão realizados no dia 17 de dezembro, a partir das 19h, no auditório da Faculdade de Economia da Universidade. (Av. João Pessoa, nº 52, Centro de Porto Alegre - RS).

Clique para ampliar a imagem.
O Dia do Bioma Pampa homenageia o nascimento do ambientalista José Antônio Lutzenberger, fundador da Agapan. O Bioma Pampa somente foi reconhecido oficialmente a partir de 2004 e teve seu dia criado em 2007.

Além de ser um patrimônio natural, o Pampa é um legado cultural do povo gaúcho e latino-americano que está ameaçado pelas monoculturas e pela destruição de seu habitat natural.

15 novembro 2015

Agapan Debate define ações contra PEC 215 e de apoio a indígenas

A partir da esquerda: José Cirilo, Vherá Poty, Ana Barros, José Catafesto

Participantes do último Agapan Debate de 2015, realizado na segunda-feira (9/11) em Porto Alegre, decidiram elaborar uma moção contra a PEC 215, que repassa ao Congresso Nacional as atribuições do Executivo, especialmente na demarcação de terras indígenas e quilombolas, e defenderam uma ação por crime de responsabilidade contra o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, em defesa dos Guarani Kaiowá, que estão sendo dizimados no Mato Grosso do Sul, por interesse de terras e minerais e, pior, a demarcação está em processo de reconhecimento há no mínimo 30 anos. Para tanto, será criado um grupo de trabalho, composto por advogados e demais militantes da Agapan, na construção desses documentos, que também inclui uma ação junto ao Ministério Público Federal.

07 novembro 2015

Flávio Lewgoy: um cientista cidadão do mundo na Agapan

A Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural, Agapan,  a comunidade ambientalista e a coletividade rio-grandense e brasileira estão de luto pela perda de um dos seus maiores ativistas. Sábado,  dia 7 de novembro de 2015, faleceu em Porto Alegre, aos 89 anos de idade, o Professor Flávio Lewgoy,   ex-presidente, conselheiro, membro da comissão técnico-científica e representante da Agapan em numerosos órgãos colegiados. 
Como lembrou seu filho Bernardo, “ele foi, sobretudo um homem bom, muito amado por todos que o conheceram (...) “ Diz a tradição judaica que  os justos morrem no Shabat”.

02 novembro 2015

“Holocausto indígena e ecocídio” é o tema do próximo Agapan Debate


Evento será realizado no dia 9 de novembro, às 19h, na Fabico/Ufrgs. (mapa)





Holocausto = Homicídio metódico de grande número de pessoas, especialmente judeus e outras minorias étnicas, executados pelo regime nazista durante a Segunda Guerra Mundial. (Priberam) 

Ecocídio = Destruição metódica de um ecossistema ou de uma comunidade vegetal ou animal. (Priberam)


 




O Brasil não foi descoberto em 1.500. Mas foi nessa época que teve início o holocausto indígena brasileiro, executado por europeus que aqui chegaram. Desde então, os índios brasileiros pedem socorro, mas suas vozes são abafadas por uma sociedade governada por políticos corruptos e empresários inescrupulosos – do campo e da cidade – capazes de quaisquer atrocidades para ampliar seus planos comerciais, baseado num modelo de sociedade capitalista, sanguinolenta e ecocída.

19 outubro 2015

Ação entre amigos arrecada recursos para a causa ambiental

Evento integra conjunto de atividades que visam angariar fundos para ajudar a Agapan  

Realizado nesse sábado (17) no Vê - Empório e Restaurante Vegano, em Porto Alegre, o primeiro "Almoço do Bem - Agapan" contou com a participação de associados e simpatizantes da causa ambiental que atenderam ao chamado da entidade ambientalista.

Presidente Leonardo Melgarejo dá as boas-vindas e agradece as presenças e colaborações

15 outubro 2015

Coletivo em defesa da orla do Guaíba realiza atividades

Via EcoAgência

Foto: Maria Melgarejo
Nessa segunda-feira (12), o coletivo A Cidade que Queremos – A Defesa da Orla, que reúne entidades e movimentos críticos às obras previstas pela Prefeitura de Porto Alegre para a revitalização da orla do Guaíba, realizou a primeira atividade conjunta. Representantes de grupos e entidades como Cais Mauá de Todos, Ocupa Cais Mauá, Rede Minha Porto Alegre, Defesa Pública da Alegria, Mobicidade, Agapan e Mogdema distribuíram panfletos informativos aos pedestres ao longo da Avenida Beira-Rio e conversaram sobre o projeto. O evento também contou com a presença de integrantes da Associação de Reciclagem Ecológica da Vila dos Papeleiros (Arevipa).

13 outubro 2015

Agapan homenageia jornal Correio do Povo

Foto: Mauro Schaefer
O presidente da Agapan, Leonardo Melgarejo, acompanhado do conselheiro e ex-presidente Francisco Milanez e do secretário-geral da entidade, Heverton Lacerda, entregou ao diretor de Redação do jornal Correio do Povo, Telmo Flor, uma carta em homenagem ao aniversário de 120 anos do veículo. 

Confira, abaixo, a integra do documento, que contou com a elaboração do também conselheiro e ex-presidente da entidade Celso Marques.


06 outubro 2015

Vereadores vão acompanhar auditoria do TCE sobre compensações ambientais

Foto: Josiele Silva
Via Imprensa da Câmara de Vereadores de Porto Alegre

A Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Câmara Municipal de Porto Alegre (Cosmam) irá acompanhar a auditoria do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul (TCE-RS), que analisa os termos de compensações vegetais e ambientais aplicados a empreendimentos entre os anos de 2007 e 2014. Segundo o auditor Rômulo Scapim, o trabalho ainda não foi concluído, mas entre os anos de 2007 e 2012 aponta para uma inadimplência aproximada, no período analisado, de 1,3 mil unidades financeiras monetárias municipais (UFMs). Convertidas em reais e atualizadas pelo valor da UFM de 2014, a dívida dos empreendedores com a cidade chega perto de R$ 4,3 milhões. "Ainda vamos analisar se o município tomou providências, quais foram e o resultado efetivo." Os Termos verificados pelo TCE se referem a compensações superiores a 300 árvores.

17 setembro 2015

Pastoral da Ecologia propõe parceria com Agapan

Motivada pela mensagem da Carta Enclíclica Laudato Si', a Conferencia Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB - Sul 3) convidou a Agapan para participar de reunião para a rearticulação das atividades da Pastoral da Ecologia no Rio Grande do Sul.
A primeira reunião do grupo foi realizada hoje (17) na sede da CNBB em Porto Alegre. Também participaram representantes de movimentos populares ligados à luta pela terra e pela agroecologia, advogados populares e do parlamento gaúcho. O irmão Antônio Cechin, fundador da Pastoral, também participou da reunião.
Outras entidades devem se juntar ao grupo, que tem a intenção de unir forças para fortalecer a luta ecológica em defesa da "Casa Comum", termo utilizado pelo Papa Francisco ao se referir ao planeta Terra na encíclica.

15 setembro 2015

Agapan lidera unificação de movimentos em defesa da Orla


A Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural (Agapan) se comprometeu, na noite desta segunda-feira, 14 de setembro, a liderar um movimento pela unificação da pauta em defesa da Orla do Guaíba.


Foto: Edi Fonseca
A garantia foi dada pelo presidente da entidade ecológica, Leonardo Melgarejo, ao final da edição de setembro do Agapan Debate, que reuniu na mesma mesa cidadãos e coletivos que se contrapõem aos projetos pretendidos para a área compreendida entre o Cais Mauá e o terreno do antigo Estaleiro Só.

“É uma sugestão inovadora e relevante e convocaremos em breve outras organizações e movimentos que devam compor esse coletivo”, anunciou Melgarejo.


08 setembro 2015

Agapan Debate | Orla do Guaíba: do Cais ao Pontal


O Agapan Debate do dia 14 de Setembro vai tratar sobre o assunto “Orla do Guaíba: do Cais ao Pontal”.
Para palestrar e debater o tema, de fundamental importância para os gaúchos, a Agapan convidou o advogado Caio Lustosa, o arquiteto Tiago Holzmann e a comunicadora e ativista social Katia Suman.

Para que esse debate fique ainda mais importante, a sua presença é fundamental. 

Agende-se e venha debater conosco!


Data: 14 de setembro de 2015.
Local: Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação (Fabico) da Ufrgs.
Hora: 19h


06 setembro 2015

População continua sofrendo impactos da CMPC

Segundo relato de moradora de Guaíba (RS) , no dia 04/09/15, por volta de 12h30, a chaminé da empresa Celulose Riograndese  (CMPC) voltou a emitir fumaça escura (foto).

Imprensa Agapan