• comunicaagapan

Agapan tem nova Diretoria para biênio 2021/2023

O jornalista Heverton Lacerda é o novo presidente da Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural (Agapan). Em Assembleia Geral Ordinária online, realizada na noite desta segunda-feira, dia 26 de julho, a Agapan elegeu, por aclamação e unanimidade, a nova Diretoria e os integrantes dos conselhos Superior e Fiscal, e aprovou os relatórios de atividades e de Tesouraria. Como vice-presidente foi eleita a bióloga Simone Portela de Azambuja, o secretário geral é Paulo Renato Menezes, e a primeira e segunda tesoureiras são Maria de Lourdes Pedroso e Ana Lúcia Vellinho D'Angelo.



Em seu discurso de posse, Lacerda lembrou estar na quinta gestão direta da Associação. “Foram gestões maravilhosas. Militar nos tira o sono e tempo de descanso, mas todos sabem o quanto é necessário”, avaliou, ao anunciar como novidades da nova gestão a criação de um Departamento Científico, formado por pessoas das áreas técnica e científica para representar a Associação, a ser coordenado por Francisco Milanez, agora conselheiro da Agapan. A segunda novidade é a criação de um Grupo de Jovens, coordenado pelas ambientalistas Camila Lacerda e Isadora Manfredi, “que vão contribuir com a permanência e sobrevivência da Agapan em defesa da vida e para os próximos anos”, destacou o novo presidente.


OTIMISMO

Ao avaliar sua última de cinco gestões como presidente, Francisco Milanez citou, como positiva, a comemoração dos 50 anos da Associação, celebrado em 27 de abril, “priorizando nossa visão global de preservação da vida”, mas lamentou o "acúmulo de derrotas e retrocessos e de desconexão humana de nossa própria espécie, explicitada em eventos políticos mundiais que demonstram racismo e todo tipo de preconceito”. Milanez se diz otimista por acreditar que “essas são grandes oportunidades de termos um outro olhar e uma outra forma de viver mais inclusiva”.

Milanez também citou a “desoladora destruição de árvores”, um dos grandes símbolos de Porto Alegre, tida como uma capital arborizada. “A simbólica data de 2 de fevereiro de 2018, através de decreto, destruiu todos os tombamentos de árvores de Porto Alegre, desde a primeira tombada do país, uma paineira no centro da capital. Vamos pagar caro por muitos anos”, visualiza o ambientalista, ao criticar ainda a especulação imobiliária, em especial na Orla do Guaíba, e, em nível estadual, a destruição do Código Ambiental, tido como referência no país. “É uma loucura aniquilar um trabalho de consenso, sem consultar a população nem os técnicos da Fepam”, disse. Ele também citou a destruição da Lei Estadual de Agrotóxicos, permitindo o uso de venenos proibidos em seus próprios países. “Isso sem falar de todo o ataque aos povos tradicionais, legalizando terra para grileiros, o que é um absurdo. O cenário de terror que estamos vivendo é desolador quando um governo legaliza terra para quem criminosamente matou índios e quilombolas que estavam lá”.

A formação do Comitê de Combate à Megaineração no RS é um projeto que surgiu em 2019 no RS e que mantém a resistência com grande visibilidade, “graças ao trabalho do Heverton”, parabenizado por Milanez, que cita ainda o Sobrevivência, que de jornal virou podcast, colocando em evidência debates sobre temas atuais, registrando inclusive a história da Agapan. Para Milanez, a ampliação da comunicação da Agapan e o novo site da organização (www.agapan.org.br) tem possibilitado transformar o trabalho em luta e mobilização.

“Apesar do inferno que estamos vivendo nos últimos anos, inclusive com o avanço da soja no Pampa e em todo o país, contaminando os rios brasileiros, e com a desenfreada liberação de agrotóxicos, sobreviveremos e estamos nos revendo e nos preparando para um novo tempo muito mais eficaz, fazendo com que nossa luta chegue a mais pessoas. Todos foram muito importantes e a nova gestão deve ampliar isso. Hoje, graças à internet e às redes sociais, podemos com agilidade expandir nossas ações”, reafirmou Milanez.


Confira a nominata eleita:


Presidente: Heverton Lacerda

Vice-presidente: Simone Portela de Azambuja

Secretário Geral: Paulo Renato Menezes

Primeira Tesoureira: Maria de Lourdes Pedroso

Segunda Tesoureira: Ana Lúcia Vellinho D'Angelo


CONSELHO SUPERIOR

Adriane Bertoglio Rodrigues

Alberto Pretto Moesch

Alfredo Gui Ferreira

Althen Teixeira Filho

Ana Maria Daitx Valls Atz

Andréia Maranhão Carneiro

Carlos Badia

Cláudio Hiran Duarte

Darci B. Campani

Demilson Figueiró Fortes

Edi Xavier Fonseca

Eleara Maria Manfredi

José Celso Aquino Marques

José Francisco B. Milanez

Péricles Boechat Massariol

Roberto Rebes Abreu

Sandra Jussara Mendes Ribeiro

Sebastião Pinheiro

Silvio Guido Fioravanti Jardim

Zoravia Bettiol


CONSELHO FISCAL

Fabrízia da Silva Bueno

Miriam Ângela Löw

Eliane Carmanim Lima



Assessoria de Imprensa da Agapan

Jornalista Adriane Bertoglio Rodrigues

51-99813-1785

www.agapan.org.br

www.facebook.com/Agapan

Instagram: @agapan1971